terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Minha primeira São Silvestre

Subindo a temida Brigadeiro
Por Marcel Agarie

Meu pai correu a São Silvestre em 1989. Na época eu tinha meus 10 anos de idade. Tive muito orgulho do meu pai naquele dia ao vê-lo chegar em casa todo quebrado, com câimbras, mas extremamente feliz por ter conseguido cumprir o seu objetivo.

Pra mim era algo extremamente impossível. Lembro do treinamento que ele fazia, do desgaste que sofria. Aquilo não era pra mim.

Vinte e cinco anos se passaram e quem diria. Lá estava eu em 31 de dezembro de 2014 na Av. Paulista pronto para largar no meio daquela multidão de pessoas.

Resolvi escrever este texto pois tive milhares de medos na minha primeira São Silvestre e acredito que muitos que este ano vão corre-la pela primeira vez também podem sentir.

A São Silvestre é praticamente dividida em 2 eventos. A primeira é a corrida que é disputada pela galera da elite que larga lá na frente. E a segunda é a festa, onde provavelmente eu e você nos encontramos perdidos no meio da multidão de mais de 30 mil maníacos por corrida.


Vá para a São Silvestre desencanado
Devido ao número imenso de pessoas dificilmente você conseguirá um ótimo tempo ou baixar alguns minutos do que você realizou nos seus treinamentos. Os dois primeiro quilômetros você praticamente vai em ritmo de trote. Sem contar que após autorização dar largada você permanece ainda uns bons minutos sem sair do lugar. É muita gente! Então relaxe e curta os momentos que irá viver ao longo do percurso.


Entre no clima da festa! 
A São Silvestre é uma grande festa de celebração de final de ano em movimento. Não tem um quilômetro sequer que você não encontre pessoas fantasiadas, grupos de amigos com faixas e mensagens irreverentes. Curta estes momentos pois eles ficarão marcados para sempre na sua memória e ajudará você percorrer os 15km com mais tranquilidade.


Interaja com a torcida
Pois é, na São Silvestre você tem torcida! Por todo o percurso há pessoas nas calçadas torcendo pelos corredores. É muito divertido este clima pois não é comum em outras provas. Muitos ainda gritam o seu nome que vai estampado na sua numeração. Você irá se sentir um queniano liderando a prova.


A temida subida da Brigadeiro
De fato pensar que nos quilômetros finais você está cansado e ainda tem que enfrentar a temida subida da Brigadeiro é pura sofrência. Isto era algo que martelava na minha cabeça o tempo todo até que finalmente comecei a subi-la. Todo o pavor que eu tinha dela se transformou em energia. Não sei explicar, mas a vibe que a São Silvestre cria é algo que nunca senti em outras provas que participei. E isto não foi só comigo, outras colegas que participaram pela primeira vez também descreveram isto pra mim. Quando você chega na Brigadeiro você fica confiante e é tomado por um espírito"já cheguei até aqui, agora eu termino esta porra". Você vai ver, a Brigadeiro será mais sua amiga do inimiga.


Av. Paulista
Virou a esquina da Paulista é só alegria. Se emocione, vibre, comemore. A linha de chegada está logo ali para te mostrar que não tinha mesmo nada a temer, muito pelo contrário, agora você terá muitas histórias de tudo que viveu ao longo da corrida para contar.


Boa prova para todos! Nos encontramos lá para a minha segunda São Silvestre!

Night Run completa 10 anos



Em 2016 a Night Run completa 10 anos. A maior e mais tradicional corrida noturna do mundo vem com tudo nas comemorações. Os atletas podem esperar por muita luz, música, e claro, corrida, que por si só já é um show a parte.

Serão 17 etapas, distribuídas em 11 diferentes cidades. A comunicação escolhida para as provas comemorativas foram os animais de hábitos noturnos: Coruja, pantera e morcego. As primeiras etapas já estão com as inscrições abertas e acontecem no primeiro semestre de 2016.

São Paulo abre o circuito da Night Run, com prova em 2 de Abril. Ainda no mesmo mês haverá Porto Alegre, dia 9, e Rio de Janeiro, dia 16. Em 7 de Maio é a vez da capital Brasília e de Belo Horizonte, seguidas Recife e Salvador no dia 14 e de Curitiba e Fortaleza no dia 21. Para finalizar as primeiras etapas, duas grandes cidades do interior paulista: Campinas no dia 4 de Junho e Ribeirão Preto no dia 25.

Para mais informações acesse: https://nightrun.ativo.com/

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Fila traz atletas de elite para a 91ª edição da São Silvestre



A FILA será novamente a patrocinadora da tradicional Corrida Internacional de São Silvestre, que acontece no dia 31 de dezembro, em São Paulo. Com mais de 30 mil competidores, a prova é composta por um percurso de 15 km, contemplando os principais pontos turísticos da cidade, com largada na Avenida Paulista, altura da rua Frei Caneca, e chegada em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero. “Patrocinamos as principais e mais desafiadoras competições de rua do país. Nossos atletas e produtos entregam alta performance. Há mais de cem anos a FILA investe no esporte, desenvolvendo tecnologias de alta qualidade e oferecendo produtos que contribuem para melhor atuação de corredores, profissionais e amadores”, afirma Eduardo Dal Pogetto, gerente de Sports Marketing do Grupo DASS.

“A mais recente linha de produtos de performance da marca, FILA Energized, confirma essa máxima, pois atende atletas de todas as categorias, com bom custo benefício, evidenciando nossa força no running”, completa Pogetto. Além do badalado Kenya Racer 3.0, tênis oficial da equipe FILA Running Team, a coleção ainda traz o FILA ENERGIZED ZIMWI, o FILA ENERGIZED MASAI e o FILA ENERGIZED KASI.

Para aproximar ainda mais a coleção FILA Energized dos corredores, a marca terá um stand para teste e venda de produtos, instalado dentro do Ginásio Estadual Geraldo José de Almeida (Ibirapuera), onde o competidor da São Silvestre deve se dirigir para a retirada do kit oficial da prova, entre os dias 27 e 30 de dezembro. No mesmo local, a FILA montou uma estação de Avaliação Cinemática (previamente agendadas), ferramenta utilizada para analisar os ossos e os músculos, gerando relatório com recomendações para correção de problemas biomecânicos relacionados à corrida​. A ação acontece em parceria com o Dr. Turíbio Leite Barros, mestre e doutor em fisiologia do exercício pela Escola Paulista de Medicina.


FILA Running Team
Com liderança do treinador Moacir Marconi, também conhecido por “Coquinho”, a equipe FILA Running Team estará presente na 91ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, com atletas renomados e conhecidos do público.

Entre as damas do asfalto, na categoria feminina, a FILA traz dois nomes já acostumados com títulos no Brasil: a queniana Carolyne Chemutai Komen, campeã da Maratona Internacional de São Paulo, em 2015; e a tanzaniana Natalia Elisante Sulle, 5ª colocada na Meia Maratona do Rio de Janeiro, em 2014. A equipe também terá queniana Gladys Kemboi.

Na categoria masculina, dois atletas que acumulam títulos são os principais cotados para subir ao pódio: o queniano, Edwin Kipsang Rotich, bicampeão de duas edições da São Silvestre (2012 e 2013) e vencedor da Meia Maratona do Rio de Janeiro (2015); e o tanzaniano, Joseph Tiophil Panga, quem em 2014 ganhou duas importantes competições com a primeira colocação do Circuito Caixa (etapa São Paulo) e 2º colocado na Volta da Pampulha. Completam o time os atletas: Willian Kibor, Dickson Kimeli Cheruiyot e Fabiano Joseph Naasi, todos campeões em competições internacionais.

Agora tem adidas Runbase no Rio de Janeiro também

Por Marcel Agarie

Desde o dia 20 de dezembro, os cariocas podem aproveitar a adidas Runbase Rio, casa de apoio a corredores amadores da adidas. Localizado em dos principais pontos de corrida da cidade, a Lagoa Rodrigo Freitas, o espaço coloca à disposição dos atletas diversos serviços gratuitos para auxiliá-los na prática esportiva.

Não tive ainda a oportunidade de conhecer a runbase carioca, mas pela referência que tenho da que conheci em São Paulo, na USP o serviço oferecido é muito útil.

Aberta todos os dias e com horário de funcionamento das 6h as 21h (segunda a sexta) e das 8h as 14h (sábado e domingo), a adidas Runbase Rio oferece empréstimo de diversos modelos tênis de corrida da @adidasbrasil, vestiários com chuveiros e armários para se recuperar após o treino, além do teste de pisada, importante para identificar que tipo de tênis se adequa melhor para cada atleta.

Todos os serviços oferecidos pela casa são gratuitos e, para utilizá-los, basta comparecer à casa e fazer um rápido cadastro. 


quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Comece o ano no estilo fitness: saúde física e espiritual

Corrida acontece no dia 31 de janeiro em São Bernardo do Campo



Se você quer começar o ano na melhor forma, o dia 31 de janeiro será uma oportunidade de levantar do sofá e por o pé na pista. Se trata do evento Corrida e Caminha Kolbiana (CCK), realizada pela KA Produções e apoiada pelo movimento Milícia da Imaculada (MI).



O evento integra o "Ano Kolbiano", iniciativa da MI que faz memória dos 75 anos de martírio do seu fundador, São Maximiliano Maria Kolbe.

A produtora executiva da KA Produções, Angela Morais, comenta a elaboração da corrida e explica como ela funciona: "Pensamos na CCK com muito carinho e queremos compartilhar com todos os atletas e pessoas que praticam caminhadas e corridas nossa experiência do exercício físico e a espiritualidade, pois sabemos que nosso corpo é templo de Deus e precisamos cuidar bem dele. Estamos preparando cada detalhes com muita atenção e contamos com auxílio de profissionais do esporte e educação física, além de um acompanhamento e suporte espiritual".

A manhã de exercício começa às 7h00, no Ginásio Poliesportivo de SBC, e, além dos profissionais de esporte e educação física, haverá a presença de profissionais de saúde e nutrição. Durante o evento, eles vão orientar os participantes dando palestras e dicas úteis para o cotidiano de uma vida saudável.



Um dos convidados especiais dessa equipe é o personal trainer Alex Souza. Para ele, a CCK vai servir como um despertar para as pessoas que fizerem a experiência da corrida.

"Poder impactar a vida das pessoas por meio de um projeto como este é algo divino, uma vez que os pilares da saúde e da fé estarão reunidos em um único ambiente para a conscientização de um estilo de vida ativo, onde o exercício físico passa a ser a ferramenta fundamental no processo de ser pessoa", afirma ele.

A estrutura da Corrida e Caminhada Kolbiana incluirá tendas de massagem, alimentação, e a presença de missionários (as), que vão falar mais sobre o santo homenageado no dia do evento.

Para completar, as crianças também terão espaço nas atividades com a "Caminhada Kolbiana Kids", que vai acontecer na mesma hora e lugar.

Haverá premiação para 1ª, 2ª e 3ª colocações, além de medalha para todos os inscritos que comparecerem ao evento.

Serviço

As inscrições devem ser feitas no site da Ativo.com pelo link: www.ativo.com/evento/cck-21776 . No caso de dúvidas e informações, basta enviar uma mensagem para: contato@kaproducoes.com .

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Rock ‘n’ Roll Marathon Series oferece casaco para os atletas que terminam a prova

Casaco Finisher “presenteia” concluintes da prova 

Fantástico casaco é oferecido a todos os concluintes da prova (Foto: Reprodução)

Aqui no Brasil ouvimos muitas reclamações sobre kits de provas muito simples, que não valem o investimento feito na inscrição. Porém, a Rock ‘n’ Roll Marathon Series, uma corrida com diversas etapas nos Estados Unidos, Canadá, México entre outros países, além de premiar quem termina as provas com uma medalha, oferece um casaco espetacular!

Com esse item, a Mania de Corrida com certeza ganha um incentivo mais do que especial.



Fonte: Corredores Anônimos

Corridas Grátis – Circuito Popular da Cidade de São Paulo terá 32 etapas em 2016

Evento acontece em diversas regiões espalhadas pela capital paulista

Integrantes do Mania de Corrida na etapa Vila Maria do Circuito Popular de Corridas de Rua da Cidade de São Paulo realizada no dia 12 de abril de 2015. (Foto: Mania de Corrida)

O Circuito Popular de Corridas de Rua da Cidade de São Paulo é um dos grandes eventos que ajuda a propagar a Mania de Corrida a todos. Se não me engano em 2015 foram 26 etapas, das quais participamos de três (Pirituba, Vila Maria e Santana), e para a alegria geral dos corredores o ano de 2016 promete ser ainda melhor, com 32 etapas totalmente gratuitas.

Entre as 32 etapas previstas para o próximo ano, 11 serão para 2.500 participantes (unindo corredores e caminhantes), 13 para 3.500 e oito para 5.500. As provas são promovidas pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação.

Fonte: Esportividade

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

13 dicas para quem vai correr a São Silvestre

A prova, que acontece, anualmente, no dia 31 de dezembro, exige muita preparação dos corredores



A alguns dias da principal corrida de rua do País, muitos atletas profissionais e amadores já começam a se preparar para enfrentar a  clássica São Silvestre.  Mas você sabe o que fazer para prevenir lesões e se preparar melhor? A fisioterapeuta do Inovar Saúde, Pâmela Bulgarelli, dá algumas dicas para quem vai participar da prova.


  • Marinheiros de Primeira Viagem:  Preparar-se meses antes da prova é muito importante. Inicie um treino em que você possa conhecer trajetos similares ao da prova;

  • Prepare seu corpo: Um treino adequado, acompanhado de um profissional especializado, vai garantir que seus músculos, sistemas cardiovascular e respiratório estejam saudáveis, garantindo sucesso no esporte e uma recuperação melhor após a corrida.


  • Um dia antes: Sono é fundamental! Durma bem, pelo menos 8 horas. Isso vai fazer seu corpo se preparar para o trabalho intenso e atípico que acontecerá.

  • Coma bem: Alimente-se corretamente, faça um café da manhã reforçado, um lanche da manhã com frutas, almoce cerca de 3 a 4 horas antes da largada. Prefira um prato nutritivo e bem distribuído, consulte um nutricionista para auxilia-lo a respeito das quantidades para o seu caso. Cerca de uma hora antes da corrida, faça um novo lanche.

  • Hidrate-se: Beber muita água é de extrema importância para manter o equilíbrio do seu corpo em provas desgastantes. Inicie a ingestão desde o café da manhã e mantenha durante todo o percurso.

  • Vista-se adequadamente: Use roupas confortáveis, que permitam a transpiração e, de preferência, que sejam claras. Faça uso do protetor solar e, se estiver sol, opte por usar um boné.

  • Cuidado com os pés: Nada de ir correr com o tênis que você acabou e comprar. O calçado já deve ter sido usado diversas vezes e deve conter uma estrutura firme em calcanhar que não permita movimentos inadequados durante a passada. Assim como um bom sistema de amortecimento, já que a prova é longa e o impacto grande. 

  • Aqueça-se: Chegue com antecedência ao local da largada e inicie exercícios de aquecimento, isso promoverá um melhor desempenho e reduzirá os riscos de lesão.

  • Observe-se: Preste atenção em seu corpo e ritmo durante todo o percurso. Respeite seus limites nas subidas, curvas e trechos que exijam mais desempenho físico e mental.

  • Continue andando: Após o término da corrida, continue caminhando por, pelo menos,  cinco minutos. Assim, o corpo promoverá uma desaceleração gradual do ritmo cardíaco e de todos os sistemas envolvidos na atividade.

  • Alongue-se: Faça exercícios com tranquilidade, lembre-se de manter a postura e respire bem.

  • No caso de dor: Faça compressa gelada ou bolsa de gelo nas regiões que apresentarem mais dor ou cansaço. Lembre-se de proteger o local com uma toalha para evitar contato direto com a pele. O gelo é um anti-inflamatório natural e auxilia na prevenção e tratamento de processos dolorosos.

  • Nos dias seguintes: Hidrate-se e alimentese corretamente após a corrida e nos dias seguintes. Não faça atividades que exijam grande esforço físico, apenas faça exercícios de carga leve para preservação e segurança do corpo.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Exercícios em jejum: fazer ou não fazer?



Com certeza, você que tem um ritmo de exercícios regular já fez ou já se questionou sobre fazê-lo em jejum.

Há opiniões divididas sobre o assunto, há quem diga, faça e obtenha resultados fazendo-o, mas há outros que são contrários a essa prática.

Há dois motivos para uma pessoa optar por fazer o exercício em jejum: com o intuito de elevar a queima de gordura ou porque treina cedo e não gosta de tomar café da manhã assim que acorda.

Durante o jejum, há disponibilidade de gordura para queima e fornecimento de energia, porém, este processo é limitado. A partir de determinado momento o organismo começa a utilizar massa muscular para fornecer energia para a atividade o que varia com a modalidade, intensidade e tempo da atividade.

O corpo tem uma reserva natural de glicose justamente para momentos de jejum prolongado, chamado de glicogênio. Este é utilizado para fornecer principalmente substrato para o cérebro continuar trabalhando enquanto não recebe fontes alimentares para essa transformação da glicose. O único problema é que quando você faz o exercício em jejum, após acordar principalmente, você já está em uso deste glicogênio, uma vez que teoricamente você não acorda a noite para se alimentar.

Uma vez ou outra, ou algumas pessoas já muito acostumadas conseguem treinar sem maiores problemas em jejum, mas as controvérsias são exatamente essas: até que ponto fazer isso otimiza minha queima de gordura? Difícil saber, uma vez que ainda não há um "batida de martelo", mas o principal é analisar os sintomas: falta de ar, cansaço, tontura, náusea, são sintomas de que a "energia está acabando". Dificilmente uma pessoa chega a desmaiar por isso, mas se insistir corre sim, risco de acontecer.

O que fazer para evitar?
- Tomar café da manhã, dividindo-o em duas etapas, (uns 20 minutos no mínimo) antes de treinar e após a atividade;
- Se fizer exercícios noturnos ou no final da tarde fazer um lanche também de 20 a 30 min antes;
- Nestas refeições (pré treino) é interessante a presença de alguma fonte de carboidrato complexo, assim a glicemia ficará controlada durante a atividade;
- Após o exercício: realizar refeição/lanche constituído de uma fonte de carboidrato, de preferência de alto índice glicêmico + uma fonte proteica;


E claro, não esqueçam da HIDRATAÇÃO!!
Quer saber mais informações? Mande uma mensagem!
E lembrem-se, mantenham o foco!!

Ana Letícia Vieira
(12) 3305-0522
Snap: nutrianacvieira
IG: @nutrianacvieira

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Xtreme Race encerra 2015 com prova excelente em Arujá

Corrida de obstáculos reuniu corredores de diversas cidades em uma prova com desafios inéditos e muitas surpresas



A última edição da Xtreme Race de 2015, realizada no último sábado no Instituto Perfect Liberty, em Arujá (SP) e de acordo com os corredores, a prova foi um grande sucesso.

Com 18 desafios espalhados em um percurso de 8km, a corrida de obstáculos reuniu homens e mulheres dispostos a superar seu próprios limites.



O público feminino sempre marca presença nas etapas da Xtreme Race e dessa vez, não foi diferente. “O número de mulheres aumentou muito elas evoluíram muito, estão cada vez mais rápidas”, explica Verônica Jensen, uma das organizadoras da corrida.



Entre as mulheres, a vencedora foi a contadora e maratonista Valéria Mello. Ela finalizou a prova em 43 minutos e 55 segundos e comemorou muito a vitória em sua segunda participação na Xtreme Race.

“Adorei!! Prova muito bem organizada, com um percurso lindo e muitas subidas e descidas ao lado de árvores e muita natureza. No meio da corrida precisei diminuir, observar e agradecer. Foi muito especial”, explica a vencedora entre as mulheres. Marcia Rodrigues (45min47) e Roberta Branco (51min06) ficaram em 2º e 3º lugares, respectivamente.



Entre os homens, Marcos Apolo de Jesus foi o primeiro a terminar o percurso aos 35min25, seguido por Agesandro Toledo com 38min09 e Jose Luis Bertoncelos, com 39min03.

“Finalizamos 2015 com um prova de altíssimo nível, com obstáculos desafiadores e algumas novidades. Estamos muito satisfeitos com o resultado da etapa em Arujá e já estamos planejando a data da próxima Xtreme Race, em 2016”, conclui Verônica Jensen.

Crédito das fotos: Equipe J.Mantovani

Recomendado pra você

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares