sábado, 4 de junho de 2016

Circuito Popular tenta neutralizar o impacto ambiental causado por provas

Largada de prova do Circuito Popular paulistano (Francisco Pinheiro)
Por Andrei Spinassé, editor do Esportividade

Já neste domingo, 5 de junho de 2016, o Circuito Popular da cidade de São Paulo torna-se sustentável. O evento, segundo a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, a responsável por ele, vai medir a poluição causada pela prova e estabelecer quantas árvores terão de ser plantadas para neutralizar o impacto ambiental e a emissão de carbono.

Neste domingo, a partir das 7h, no Centro Esportivo Jardim São Paulo, na zona norte da capital paulista, o Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza (IBDM) vira o novo parceiro da secretaria no evento.

“Com esse trabalho, o IBDM passa a medir o grau de poluição causado durante a corrida, como o descarte de copinhos de água, e vai repassar a necessidade do plantio institucional referente à neutralização das emissões de dióxido de carbono (CO²) na atmosfera para a Seme”, diz texto publicado no site da secretaria.

O Esportividade descreveu na semana passada como será essa corrida de 5 km. Leia esta reportagem: Circuito Popular chega ao distrito de Santana com uma prova muito técnica. E, neste texto, saiba mais novidades: Prefeitura de São Paulo quer atrair iniciativa privada para Circuito Popular melhorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recomendado pra você

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares