sexta-feira, 10 de junho de 2016

Membros da Associação Internacional de Atletismo são suspensos por corrupção

Por Edmur Hashitani

Três oficiais da IAAF (Associação Internacional de Federações de Atletismo, em português) foram suspensos provisoriamente de suas atividades pelo Conselho de Ética do órgão por seis meses, a contar a partir desta sexta-feira, após serem acusados de receber dinheiro para acobertar casos de doping envolvendo atletas russos.

Os funcionários são o ex-diretor de comunicações Nick Davies, sua esposa e gerente de projeto, Jane Boulter-Davies e o gerente médico Pierre-Yves Garnier.

O caso está ligado a um caso de corrupção divulgado pelo jornal francês Le Monde em virtude de um e-mail enviado em 2013 por Papa Massata Diack, consultor de marketing da IAAF, ao seu pai e então-presidente da entidade, Lamine Diack, que descrevia um plano para adiar o anúncio do escândalo de doping envolvendo atletas da federação russa e, assim, evitar polêmicas antes do Mundial de Atletismo que foi disputado em Moscou naquele ano.

Em nota, a IAAF diz que a prioridade do órgão é verificar a veracidade das acusações que têm sido feitas contra o esporte e que as alegações contra os três funcionários seria uma suposta violação ao Código de Ética da entidade.

A federação máxima do atletismo afirma ainda que recebe as investigações positivamente e que cada um dos suspensos provisoriamente gozam de presunção de inocência até que as investigações sejam concluídas e as penalidades disciplinares sejam determinadas. A entidade conclui a nota dizendo que é importante deixar que a investigação siga seu curso.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recomendado pra você

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares