segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Todos os resultados das corridas e marchas durante as Olímpiadas do Rio de Janeiro - 2016

Por Edmur Hashitani - edmur.hashi@gmail.com

As Olimpíadas do Rio chegaram ao fim no último domingo, 21 de agosto, e já deixam saudades. O mundo viu mais uma vez a festa que o brasileiro pode fazer. Nós do Mania de Corrida estivemos lá e você pode conferir nos vídeos no fim da matéria.

Esportivamente, recordes foram quebrados, medalhas foram distribuídas e novos ídolos nasceram. Para nós que vivemos a corrida, a Rio 2016 foi repleta de bons momentos para acompanharmos, como os exemplos de espírito esportivo (que já vimos aqui) e a consagração definitiva de Usain Bolt e de Mo Farrah.



Recordes

Dois recordes mundiais foram quebrados durante os Jogos do Rio. A etíope Almaz Ayana completou a prova dos 10.000 metros em impressionantes 29min17seg45m, enquanto o sul-africano Wayde van Niekerk baixou o tempo dos 400 metros para 43.03 segundos.

Outros dois recordes olímpicos foram batidos nessa edição olímpica, ambos por quenianos. Conseslus Kipruto completou os 3.000 metros com obstáculos em 8min03seg23, enquanto a atleta Vivian Cheruyot fez 5.000 metros em 14min26seg17. O pace da Vivian foi de 02:53/km!

Quadro de medalhas

Se houvesse apenas as modalidades de corridas nas Olimpíadas, os Estados Unidos liderariam o ranking de países com sete ouros e 21 no total, à frente do Quênia, que tem seis ouros e 12 no total, seguidos pela Jamaica de Bolt, também com seis ouros, mas uma prata a menos e um total de 11.

O quadro de medalhas ficaria assim:


Desempenho brasileiro

No atletismo, o Brasil conseguiu um ouro inédito com Thiago Braz da Silva no salto com vara, mas quando falamos de corrida, o país não conseguiu uma medalha sequer. Ainda assim, o saldo não foi tão negativo.

O atleta Caio Bonfim, por exemplo, terminou na quarta posição na Marcha Atlética – 20 km, batendo o recorde brasileiro da modalidade. Na categoria 50 km, que não é sua especialidade, ele foi o nono colocado e também bateu o recorde nacional.

O país também chegou à final dos dois revezamentos masculinos de pista, nos 4x100 e nos 4x400. No total, foram quatro semifinais alcançadas pelos atletas brasileiros.

Outros atletas registraram, durante a Rio 2016, seus melhores tempos do ano:

Éder Antônio de Souza – 110 metros com barreiras – 13.61s
João Vitor de Oliveira – 110 metros com barreiras – 13.63s
Altobeli da Silva – 3.000 metros com obstáculos – 8min26seg30
Ricardo de Souza, Vitor Hugo dos Santos, Bruno de Barros e Jorge Vides – 4x400 – 3min00seg43
Paulo Roberto Paula – Maratona – 2h13min56seg
Rosangela Santos – 100 metros – 11.23s
Vitória Cristina Rosa – 200 metros – 23.35s
Flávia de Lima – 800 metros – 2min03seg78
Joelma Sousa, Geisa Coutinho, Leticia de Souza e Jailma de Lima - 4x400 F – 3min30seg27

Confira o desempenho de todos os brasileiros na tabela abaixo.


E confira também os resultados de todas as corridas de pista, de rua e da marcha atlética.



Agora é continuar apoiando os atletas de todas as modalidades para que o país mantenha o crescimento e conquiste ainda mais medalhas na Tóquio 2020. Mas antes, que venham as Paralimpíadas!

Mania de Corrida nas Olimpíadas




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recomendado pra você

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares