segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Brasil foi melhor equipe do continente no mundial de trail running

Seleção brasileira participou de bate-papo em Mogi das Cruzes e contou como foi a participação do país na Trans Peneda-Gerês

Por Edmur Hashitani - conteudo.mania@gmail.com

Quem acompanha corrida de montanha teve a oportunidade de conhecer parte da delegação que integrou a seleção brasileira de trail running que disputou no último mês de outubro o Trans Peneda-Gerês em Portugal, chancelada como mundial da categoria e destinada aos melhores atletas de cada país. O evento foi realizado como parte das atividades da corrida O Rei da Montanha, realizada no domingo. Estiveram no bate-papo o técnico Sidnei Togumi e os atletas Chico Santos, Lígia Almeida, Ivan Pires e Cyntia Terra. Além deles, participaram do mundial Hamilton Miragaia e Cléverson Del Secchi.

A prova teve distância de 85k e foi vencida pelo espanhol Luís Hernando, com tempo de 8:20:26 seguido pelos franceses Nicolas Martin e Sylvain Court no masculino. Na categoria feminina, Caroline Chaverot, também da França, ficou com a vitória ao completar a prova com 09:39:40. O pódio foi completado por Azara Salmones, da Espanha e Ragna Debats, da Holanda.

Técnico Sidnei Togumi apresenta experiência brasileira no mundial de trail

O Brasil ficou em 13º na classificação por equipes masculinas, o que garantiu a primeira colocação entre os países americanos. Resultado muito comemorado, especialmente pelas condições em que os atletas participaram da prova.

O técnico Togumi contou que a seleção foi montada apenas um mês antes da prova, selecionados de acordo com desempenho em ultramaratonas deste tipo e experiência internacional. Não houve treinamento específico para o mundial.

A inscrição foi feita e custeada pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), mas todo o restante, incluindo viagens, hospedagem e alimentação, foram pagas do próprio bolso por cada atleta, aumentando a dificuldade da delegação. Parte da verba foi levantada por meio de um training camp realizado pela equipe para angariar fundos.

No total, foram quatro dias em Portugal para participar do mundial junto com as delegações de mais 37 países.

Integrantes da seleção brasileira de trail running responderam perguntas da plateia
Sobre perspectivas para o futuro, ainda não há um planejamento definido que que garanta a participação do Brasil no Mundial do ano que vem. Mas, de acordo com Togumi, as conversas nesse sentido já começaram.

Após a apresentação, o público pôde fazer perguntas à seleção sobre a participação no mundial e também sobre o cenário do trail running no país. Respondendo pergunta do próprio técnico, cada atleta respondeu qual a sensação de representar o Brasil em um campeonato mundial.

Seleção se juntou ao público ao final do bate-papo
Ivan Pires afirmou ser um orgulho representar seu país e ressaltou a sensação ao participar de uma equipe, na qual um atleta ajuda o outro, em um esporte que costuma ser individual. Além disso, apontou que a prova foi de grande aprendizado, já que quando se disputa uma prova no Brasil, apenas 5% dos participantes são da elite, enquanto no mundial apenas os melhores de cada país estavam inscritos.

Lígia Almeida comemorou a chance de representar seu esporte e chegou a se emocionar ao responder a pergunta. Ela classificou o mundial como uma experiência única para conviver com outros atletas.

Chico Santos foi outro que ressaltou o orgulho não apenas de participar, mas lembrando que o fato de chegar a um mundial destaca todas a trajetória de um atleta. Ele também ressaltou o comprometimento de toda a equipe.

Já Cyntia Terra contou que na juventude tinha o sonho de representar o Brasil nas Olimpíadas, já que praticava o atletismo em pista. Após mudar para o trail – e se apaixonar pelo novo esporte – ela diz que seu sonho foi realizado ao participar do mundial da categoria.

Resultados

Feminino

1ª Caroline Chaverot (FRA)
2ª Azara Salmones (ESP)
3ª Ragna Debats (HOL)
54ª Lígia Almeida (BRA)

Masculino

1º Luís Hernando (ESP)
2º Nicolas Martin (FRA)
3º Sylvain Court (FRA)
48º Cléverson Del Secchi (BRA)
52º Chico Santos (BRA)
85º Hamilton Miragaia (BRA)
118º Ivan Pires (BRA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recomendado pra você

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares