quinta-feira, 21 de setembro de 2017

National Geographic lança documentário BREAKING2 sobre os três atletas que participaram da tentativa de quebra da marca com a Nike



A National Geographic convida o espectador a acompanhar uma jornada de um ano, em que três atletas de elite tentam realizar o feito épico de correr uma maratona em menos de duas horas

Feito em parceria com a Nike, este documentário de uma hora, acompanha a histórica trajetória que redesenhou os limites do potencial humano

BREAKING2 já está disponível nas plataformas digitais da National Geographic, incluindo YouTube (em 31 idiomas), Facebook, NationalGeographic.com

Após um ano de treinos avançados, baseados em informações científicas, três dos melhores fundistas da elite do atletismo mundial partiram para uma jornada rumo ao inacreditável, impulsionados pela Nike.
O objetivo: reduzir a marca da maratona a menos de duas horas, feito inédito na história da prova. Mais de 19 milhões de pessoas de todo o mundo assistiram à corrida. Munidos de uma determinação inabalável, apoiados pela mais moderna ciência e por produtos inovadores, os atletas correram no circuito de Monza, na Itália. Na chegada, o queniano Eliud Kipchoge, de 32 anos, emocionou o mundo ao terminar a maratona apenas 25 segundos acima da marca de duas horas.
 Com uma esplêndida direção de fotografia, o documentário acompanha a jornada desses três corredores de elite e suas equipes, na tentativa de atingir o inimaginável. Breaking2 revela o poder do potencial humano, e mostra o emocionante projeto que reuniu esses três superatletas – que se dedicaram totalmente à tentativa de transformar o impossível em realidade. De testes em túneis de vento a laboratórios de corrida nos Estados Unidos, passando pelo desafio de equilibrar os treinos com o dia a dia no leste da África, o filme culmina com a emocionante corrida final na Itália e segue esses pioneiros numa jornada global para superar a marca das duas horas.

Os corredores:

Eliud Kipchoge: Aos 32 anos, o queniano demonstra uma inabalável confiança, tem total controle da situação e está sempre tranquilo e relaxado.

Lelisa Desisa: Este etíope de 27 anos teve ascensão meteórica no cenário do atletismo a partir de 2010, registrando marcas inacreditavelmente rápidas. Desisa já venceu a maratona de Boston duas vezes.

Zersenay Tadese: Nascido na Eritréia, este atleta de 35 anos detém o recorde mundial da meia-maratona, com o melhor tempo da história.

Esse trio de atletas determinados se uniu a uma equipe formada pelos melhores cientistas do esporte. Juntos, eles passaram mais de um ano realizando de testes, análises de treinos, design de produtos inovadores e planejamentos diários de corridas, tudo sob medida.

Brad Wilkins, diretor da equipe Nike Explore, do Laboratório de Pesquisa Esportiva Nike, comandou o grupo de cientistas, cujo trabalho impulsionou os corredores. Wilkins e seu time buscaram todas as maneiras possíveis de otimizar o desempenho dos atletas – de testes de resistência a consolidação de dados de laboratório, para identificar a melhor estratégia para a prova.

O especialista Brett Kirby também foi fundamental para oferecer embasamento científico ao projeto. Com seus profundos conhecimentos sobre bioenergia humana, ele realiza pesquisas pioneiras que pretendem aprimorar o desempenho de atletas de todos os níveis. Kirby desenvolveu uma fórmula para medir e melhorar velocidade, economia de energia, capacidade de hidratação e consumo de oxigênio dos atletas – e essa fórmula é um dos pilares da empreitada inédita dos três corredores.
                     
Breaking2 termina com o final da prova, no momento em que os atletas perdem por pouquíssimo a marca inferior às duas horas. Contada por esses esportistas inigualáveis, esta história mostra que a “não conquista” é uma das mais heroicas e impressionantes conquistas de todos os tempos.
 Esta é uma produção do National Geographic Studios, em associação com Dirty Robber. Brian Lovett é produtor executivo e Jeff Hasler é vice-presidente executivo do National Geographic Studios. O filme tem direção de Martin Desmond Roe; Chris Uettwiller e Jason Puris são produtores executivos e Kathlyn Horan é produtora – todos pela Dirty Robber. Mark McCambridge é o produtor executivo da Nike. Betsy Forhan é produtora executiva, Kevin T. Mohs é vice-presidente de produção e Tim Pastore é presidente, responsável por conteúdo original e produção do National Geographic Channel.

O novo pack de produtos Zoom, que representa o futuro para a corrida e foi projetado para melhorar a eficiência dos corredores, baseado no Breaking2 estarão disponíveis a partir de  5 de outubro em Nike.com e em lojas selecionadas.

NIKE ZOOM FLY


O Nike Zoom Fly aplica os princípios revolucionários do Nike Zoom Vaporfly Elite em um tênis que é rápido o suficiente para o dia da corrida, mas resistente o suficiente para o treinamento diário. A espuma Lunarlon extremamente leve, macia e altamente resiliente cria uma experiência leve, responsiva sob os pés, enquanto uma placa de nylon injetada com carbono no comprimento total aumenta a rigidez. Uma borracha de alta abrasividade no calcanhar para durabilidade completa o ferramental. O cabedal é composto de Nike Flymesh com dinâmica de médio pé Nike Flywire para uma contenção leve.  Além disso, o desvio de 10mm do Nike Zoom Fly é projetado para minimizar a tensão no tendão de Aquiles e a altura de 33mm garante uma proteção contra impactos a cada quilômetro.

NIKE AIR  ZOOM PEGASUS 34

O Nike Air Zoom Pegasus 34 reúne unidades Nike Air Zoom na parte frontal e calcanhar com espuma Premium Cushlon ST. Esta abordagem sinérgica proporciona amortecimento suave equilibrado com uma sensação de apoio e responsividade sob os pés. O cabedal Flymesh atualizado do Nike Air Zoom Pegasus 34 emprega fios de monofilamento translúcido para uma contenção leve e ventilação. O calcanhar arredondado se afunila na lateral para promover uma amplitude natural de movimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recomendado pra você

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares