terça-feira, 10 de julho de 2018

Preservação ambiental é uma das marcas da La Misión Brasil

Os corredores terão a oportunidade de conhecer locais pouco explorados. Foto: Wladimir Togumi/ divulgação

A prova passa por áreas de preservação e atinge o 4º ponto mais alto do Brasil

A edição 2018 da La Misión Brasil está marcada para os dias 17 a 19 de agosto na cidade de Passa Quatro (MG), com os corredores percorrendo áreas de preservação, como a APA Serra da Mantiqueira e a Floresta Nacional de Passa Quatro. Para minimizar o impacto ambiental e atender a legislação vigente, a organização contratou profissionais especializados e buscou as autorizações com os órgãos competentes.

O trabalho foi iniciado em outubro do ano passado, quando a equipe multidisciplinar da organização, formada por engenheiros agrícola e florestal, realizou a coleta de dados no percurso da prova para o requerimento de autorização.

Em paralelo, a organização iniciou os contatos com as prefeituras de Passa Quatro e Itanhandu para a emissão do alvará de autorização para a realização do evento. Além das autorizações das áreas públicas, também foi necessário coletar as assinaturas de donos das propriedades por onde os corredores passarão durante a prova.

A La Misión Brasil será realizada pela quinta vez na região da Serra Fina - passando pela Pedra da Mina, o quarto ponto mais alto do Brasil - e tem um histórico de melhorias para o local, que beneficiam os frequentadores de forma geral, mesmo após o encerramento das provas.

"Ano passado instalamos uma escada de madeira e realizamos trabalhos de contenção de água na subida para o Capim Amarelo, local muito úmido. Esse ano já registramos o fim das erosões e o surgimento de material orgânico no leito da trilha nos pontos citados. Além disso, também foi construído um passeio de pedras em uma área de charco no acesso a Pedra da Mina via Paiolinho", comenta Thomaz Tassinari, engenheiro agrícola e consultor ambiental da La Mision.

Em 2018, o legado da La Misón Brasil será a construção de uma ponte de madeira na travessia da nascente do Rio Claro, próximo à Pedra da Mina. Por ser um ponto ambiental sensível e que requer manejo correto, a obra ajudará os competidores, mas também será importante para os montanhistas, atletas e turistas que passam pela região e poderão aproveitar o local com mais segurança e preservando o meio ambiente.

Além disso, está prevista uma limpeza minuciosa das trilhas que deve acontecer em três etapas: antes, durante e depois da prova. "Teremos um mutirão pelo percurso nos dias que antecedem a corrida", afirma Paulo Lamin, responsável pela Tambo, organizadora da competição.

"Após a passagem do último atleta, os staffs que fecham o percurso iniciam o processo de limpeza do percurso recolhendo resíduos. Uma semana depois, uma equipe faz nova varredura e 15 dias depois temos o grupo do 'pente fino' para tentarmos chegar a 100% de aproveitamento", completa Paulo.

Os participantes também devem fazer a sua parte, trazendo de volta todo o lixo produzido, como embalagens de alimentos, sachês de gel e até material orgânico. "Todos são orientados no quesito ambiental desde que fazem a inscrição e estão sujeitos a sanções em caso de desrespeito ao meio ambiente, incluindo a desclassificação, que está prevista no regulamento", ressalta o organizador.

A La Misión Brasil possui autorização dos órgãos públicos ambientais competentes: APA Serra da Mantiqueira e Floresta Nacional de Passa Quatro, vinculados ao ICMBio.

Com percursos de 80, 50, 35 e 15 quilômetros, a La Misión Brasil é disputada em formato de autossuficiência, ou seja, todos os corredores deverão levar seu próprio alimento e hidratação para toda a duração da prova. As inscrições seguem abertas e podem ser feitas pelo site oficial: http://www.lamisionbrasil.com.br/.

O evento tem a chancela da Federação Internacional de Skyrunning e será válido pelo campeonato nacional de Skyrunner nas modalidades 80 km Ultra SkyMarathon e 35 km SkyMarathon. Além disso, os finishers dos 80 quilômetros receberão quatro pontos ITRA, os dos 50 km receberão três e os concluintes do 35 km receberão dois.

Sobre a prova:
A La Misión Brasil é uma realização Tambo, com patrocínio de Kailash, apoio de Spartade, Guaranita Cibal, Água Mineral Passa Quatro e Cerveja Suprema Da Serra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recomendado pra você

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares