segunda-feira, 20 de agosto de 2018

XTERRA Ilhabela contou com novas vitórias de Sabrina Gobbo e Artur Pedroza

Foto: Murilo Melo
Tetracampeã no triathlon e maior vencedor da natação em águas abertas, Sabrina e Artur voltaram a brilhar no litoral paulista

Apresentado pelo SESI em parceria com a Prefeitura de Ilhabela, o XTERRA Ilhabela reuniu mais de 2.000 pessoas na Praia do Perequê, no último fim de semana. Com provas de Swim Challenge 1, 5 km e 3 km, Trail Run 24 km e 8 km, Short XTERRA (versão reduzida do triathlon) e corrida Kids, os favoritos não fraquejaram em suas respectivas modalidades.

Trail Runs 24 km e 8 km

O XTERRA Ilhabela começou no último sábado (18) com tempo nublado, mas a aposta para o pódio feminino da Trail Run 24 km era clara: Geisla dos Santos, líder do ranking 2018 e atual bicampeã. A chuva deixou o percurso técnico ainda mais desafiador. Ninguém saiu limpo, mas a ilhabelense, atuando em casa novamente, não desapontou seus fãs presentes e faturou o troféu de ouro mais uma vez. Joseilton da Silva, o trail runner de Macaé/RJ, já famoso pelo salto mortal que costuma dar de cima do pódio repetiu o feito, tendo ficado entre os três primeiros dos 24km. O campeão foi Rildo Ribeiro.

Os 16 km a menos da Trail Run 8 km não significaram menos desafio e diversão. Todos os corredores atravessavam a linha de chegada com lama da cabeça aos pés e um sorrisão estampado no rosto. Os vencedores foram Paulo Henrique Fernandes e Jackelyne Paraíso. Na parte da tarde, o XTERRA Kids encheu Ilhabela de fofura com os mais de 130 atletas mirins.

Swim Challenge 1,5 km e 3 km

No domingo, a competição em águas abertas começou com a largada dos 1, 5 km. Felipe Guedes e Patrícia de Oliveira se sagraram vencedores, enquanto a embaixadora da natação do XTERRA, Clarissa Brito, levou o terceiro lugar. Nos 3 km, o embaixador XTERRA, Artur Pedroza, deu um show à parte novamente. Acostumado a triunfar, o carioca e líder da equipe Resende Águas Abertas largou sério e concentrado e saiu da água dois minutos à frente do vice-campeão, Bruno Yamamoto, sorridente e mais descontraído. Entre as mulheres, o destaque foi Gabrielle do Bonfim.

Short XTERRA (versão reduzida do Triathlon)

A paulista Sabrina Gobbo manteve seu aproveitamento de 100 % em 2018, com cinco vitórias em cinco etapas (Sabrina não participou do Duathlon no XTERRA Camp Ouro Preto). É apenas questão de tempo para que Gobbo se torne, isoladamente, a maior campeã da história do triathlon do XTERRA. Com quatro títulos já garantidos (2014, 2015, 2016 e 2017) e cada vez mais próxima do pentacampeonato, ela ultrapassará a marca de Luzia Bello, tetracampeã em 2010, 2011, 2012 e 2013.

Entre os homens, o paranaense Felipe Moletta, hexacampeão do XTERRA, venceu sua primeira prova em 2018 e voltou à briga direta pelo título do ranking anual. O segundo colocado foi Rafael Juriti, que é o líder do ranking atualmente.

Como dia 19 de agosto era o Dia da Fotografia, a equipe de comunicação do XTERRA preparou uma ação para todos aqueles que estiveram presentes no evento durante o final de semana, atleta ou não, pelo Instagram. A hashtag #XFOTO teve mais de 1.300 marcações e as quatro fotos mais curtidas foram premiadas ao vivo no pódio com uma camisa da XTERRA Store. Ilhabela já deixou saudades e gosto de quero mais. A próxima etapa do circuito será o XTERRA Estrada Real, em Tiradentes, Minas Gerais, nos dias 29 e 30 de setembro.

Todos os resultados do XTERRA Ilhabela 2018 podem ser consultados em http://xterrabrasil.com.br/tour-2018/ilhabela/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recomendado pra você

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares