Queniana supera pneumonia e quebra o recorde mundial da meia maratona

Marca foi alcançada na RAK Half Marathon nos Emirados Árabes

Foto: Victah Sailer/divulgação

Depois da quebra dos 2.000m indoor por Dibaba, no início da semana, mais um recorde foi batido nesta sexta-feira, 10 de fevereiro. A queniana Peres Jepchirchir fez o melhor tempo da história na meia maratona.

Peres completou a RAK Half Marathon, disputada em Ras al-Khaimah, nos Emirados Árabes, em 1h05m06, o que corresponde a um pace de 03:05 por quilômetro. O tempo é três minutos mais rápido que o recorde anterior, de Florence Kiplagat, também do Quênia. A marca agora vai para ratificação da IAAF.

Para ficar com a vitória e o recorde, Peres não teve vida fácil. Tricampeã da prova, Mary Keitany chegou na segunda colocação com tempo de 1h05h13. O pódio todo queniano foi completado por Joyciline Jepkosgei.

A atleta de 23 anos, campeã mundial dos 21k em 2016, precisou superar mais do que as concorrentes para vencer a prova. Apenas dois meses atrás, ela estava fora de combate por conta de uma pneumonia.

Além de quebrar o recorde para meia maratonas, ela passou na marca de 20k com o tempo mais rápido de uma mulher da história em provas mistas - nas quais participam participantes dois dois sexos - com a marca de 1h01m40.

Na prova masculina, a vitória ficou com Bedan Karoki, do Quênia, com tempo de 59m10s. Completaram o pódio Yigrem Demelash, da Etiópia e Augustine Choge, do Quênia.

Comentários

Recomendado pra você

Postagens mais visitadas

Planilha de Corrida GRÁTIS para 5km 10km 21km 42km

Campinas recebe mais uma corrida de rua gratuita no dia 03/07