ASICS Golden Run 2022 leva 8 mil pessoas às ruas de São Paulo

 

Créditos: Rogério Capela

Imprensa ASICS


Depois de dois anos, a ASICS Golden Run, uma das provas mais queridas do Brasil, retornou para aquecer o coração de corredores de todo o Brasil. Em sua 10ª edição, o evento aconteceu nesta manhã fria e chuvosa de domingo (15/5), e reuniu 8 mil corredores na capital paulista. Além dos tradicionais 21 km, a ASICS Golden Run trouxe em 2022 uma nova distância, a de 10 km, que proporcionou a entrada de novos corredores para o circuito, e também deu a oportunidade para aqueles que queriam fazer uma prova mais curta -- para baixar tempo ou para curtir.

 

Na disputa dos 21 km a vitória foi de Damião Ancelmo de Souza, com o tempo de 01:05:46. Paulo Roberto Almeida Paula (01:05:48) e Ederson Vilela Pereira (01:06:28) completaram o pódio.
 

“Para mim foi uma emoção muito grande participar, mais uma vez, da ASICS Golden Run. Já fiz várias etapas e essa é mais uma no meu currículo. Fico muito feliz da ASICS ter voltado com os eventos e estou muito animado com a vitória, treinei muito para essa conquista”, declarou Damião, histórico corredor que já foi campeão de mais de 50 meias maratonas e luta por uma vaga para a Olimpíada de Paris, em 2024.

 

“Primeiramente eu quero agradecer a ASICS pelo convite. Eu estou treinando para o campeonato de atletismo em Oregon. Sou um atleta que está prestes a completar 43 anos e já fui para três jogos olímpicos, estou me preparando para meu terceiro mundial e o meu foco é Paris em 2024, onde quero fazer história com 45 anos e tentar obter o índice, ao lado dos jovens dessa geração que está surgindo. Para mim é um orgulho ser uma lenda do atletismo brasileiro e fazer parte do esporte do país.”, diz Paulo Roberto, segundo colocado na meia maratona.
 

“A gente estava sentindo falta da Golden. Ver a galera toda unida correndo é muito legal e que bom que está de volta. Esse ano eu estou focando nas provas menores de 5K e 10K, então a de 21K para mim já é um pouco mais difícil, mas eu quis correr para prestigiar a marca. Até tinha 10km hoje, mas eu preferi correr a meia por conta do meu treinamento também e ainda consegui o 3º lugar. Fiquei muito feliz”, destaca Ederson Vilela, que esteve em abril em Málaga, no evento ASICS META: Time: Trials, que lançou o novo tênis METASPEED+.

 

Já entre as mulheres, a grande campeã foi Amanda Aparecida de Oliveira, com o tempo de 01:15:39, seguida por Jéssica Ladeira Soares (01:16:42) e Andreia Hessel, atleta ASICS, com 01:17:00.

 

“Quero agradecer, primeiramente, a Deus pela minha saúde, minha família, minha vida e meus apoiadores que torcem por mim. É a minha primeira participação na Golden aqui em São Paulo, já participei duas vezes na etapa do Rio e consegui a sexta colocação. Agora estou firme e forte nos meus treinos para buscar melhores resultados, porque eu sei que posso cada dia mais”, conta a campeã Amanda, atleta mineira.

 

Já nos 10 km, os campeões masculinos foram André Santana, com tempo 00:30:59, seguido por Denis Patrocínio (00:31:09) e Rafael Soares Santeramo (00:31:21). No feminino, a grande vencedora foi Jaciane Barroso de Jesus, que com tempo de 00:36:47 superou a segunda colocada Adriana Aparecida da Silva (00:37:53), e a terceira Lidiane Batista dos Santos (00:38:27).

 

“Para mim é uma alegria muito grande esse resultado, porque desde que começou a pandemia sentia muita falta de voltar para as corridas da ASICS. Quando foi anunciada a volta da Golden, fiquei bem ansiosa para voltar. Já estou conciliando uma transição de carreira entre atleta e treinadora, então quando eu entro em uma prova, vou para me divertir, e quando sai um resultado como o de hoje, de segundo lugar, eu fico ainda mais feliz”, conta Adriana da Silva, atleta ASICS.

 

Com trajeto plano, a pista rápida fez com que a corrida ganhasse contornos ainda mais emocionantes, com atletas de todos os portes elevando sua performance e tempo. O clima fresco, após a chuva da madrugada, foi benéfico para o desempenho dos atletas. A Arena, no Parque do Povo, também esteve lotada, pré e pós corrida, com todos os recursos de suporte disponibilizados pela ASICS. Além de um palco com DJ e uma área VIP, a Arena contava com um guarda-volume, área para assessorias de corrida, e um exclusivo Espaço Recovery para todos os participantes, com uma equipe de 30 massagistas deficientes visuais oferecendo uma experiência especial.

 

Na Arena, que teve concentração antes e depois da prova, a marca realizou ativações especiais que dialogam com suas atuais campanhas. O espaço FF Blast, onde os corredores tiveram a oportunidade de conhecer e entender como funcionam tecnologias exclusivas presentes nos tênis ASICS. O gramado do Parque do Povo ainda contou com ativação do ASICS Lume Club, projeto com objetivo de inspirar mais mulheres a se movimentarem, com aplicação de patch nas camisetas das participantes.
 

Entre os destaques da prova, atletas históricos da corrida brasileira, como os maratonistas Solonei Silva e a própria Adriana da Silva, além de personalidades famosas dentro e fora do mundo da corrida como os embaixadores ASICS Nicolas Prattes e André Martinelli.

 

“Eu cheguei sabendo que o percurso foi feito para as pessoas elevarem a performance, uma prova rápida. Como estou voltando de Paris, não estava botando muita expectativa e dormi pouco esta noite. Mas, quando largou, eu aproveitei o tempo. No fim, foi a prova perfeita, não só pelo meu pace, mas por ser o retorno da ASICS Golden Run depois de dois anos. É ótimo estar junto às pessoas na largada, celebrando a vida, correndo por novos tempos. Bati meu recorde em meia maratona, um mês depois de ter batido o recorde em maratona, estou nas nuvens por aqui”, comemora Nicolas Prattes.
 

O próximo desafio da marca agora é o Rio de Janeiro, onde a ASICS Golden Run marca presença no próximo dia 10 de julho, com vagas disponíveis. Para mais informações e inscrições, é só entrar no site da prova.

 

Comentários

Recomendado pra você

Postagens mais visitadas

Planilha de Corrida GRÁTIS para 5km 10km 21km 42km

Campinas recebe mais uma corrida de rua gratuita no dia 03/07